Colaboradores do SAAE participam da campanha Novembro Azul


O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens no Brasil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia. E se descoberto precocemente, a doença tem 90% de chances de cura.

E como forma de prevenir a doença, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE/Caxias, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e o CEREST, promoveu uma ação de saúde para os seus colaboradores nesta sexta-feira (24). Foram oferecidos serviços de aferição de pressão, vacinação, teste de glicemia, teste rápido de HIV/Sífilis, consulta médica, disponibilização de exames de PSA e US, além de palestra de conscientização sobre a doença.

A ação faz parte da programação da campanha Novembro Azul desenvolvida pela prefeitura de Caxias.

“Essa é uma forma de ajudar os homens que trabalham no SAAE a reservarem um momento do dia para cuidar da saúde. Já que nós homens somos culturalmente conhecidos como aqueles que cuidam dos outros, mas por falta de tempo, não cuidam de si. Essa ação também é forma do SAAE estar em sintonia com a prefeitura de Caxias na campanha novembro azul desenvolvida este mês”, explica o diretor do SAAE/Caxias, o engenheiro Arnaldo de Arruda Oliveira.

Dos 195 funcionários do SAAE, 56% são homens acima dos 40 anos, idade de risco para a doença. Para o bombeiro encanador do SAAE, José da Conceição, de 56 anos, a atividade possibilitou uma consulta médica, já que há dois anos ele não visitava um profissional de saúde. “Foi muito bom a gente receber uma equipe de profissionais preparados para cuidar da gente. Há dois anos que eu não vou ao médico e hoje, pude parar aqui no trabalho para cuidar da Saúde, assim a gente trabalha bem mais disposto”, ressaltou.

Seu Moacir dos Santos também aprovou a iniciativa e aproveitou para se vacinar. “Fazia muito tempo que eu não ia ao médico, aproveitei pra conversar com o clínico e atualizar minha carteira de vacinação. Isso serve de alerta para eu me cuidar mais, principalmente sobre o câncer de próstata”.